República de Moçambique
Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas

Interno

Consiste na verificação da salubridade e de contaminantes ambientais e de resíduos veterinários em alimentos de origem aquática, destinados ao mercado interno e à exportação. 

Os laboratórios têm o papel de apoiar o Sistema de Inspecção do Pescado, no processo de certificação dos produtos da pesca e prestar serviços à indústria com o objectivo de fornecer dados para a monitorização dos seus sistemas de auto-controle.

O INIP possui 5 laboratórios localizados em Maputo, Beira, Quelimane, Nacala e Angoche. Os laboratórios de inspecção do pescado realizam análises sensoriais, químicas e microbiológicas. Estas podem ser realizadas tanto em produtos de origem aquática como em outros produtos alimentares e na água.

 

1.1. Análises sensoriais:

As alterações físico-sensoriais tais como a aparência, cor, cheiro, textura e sabor têm sido determinadas com base nas normas do Codex Alimentarius para avaliação sensorial dos produtos da pesca.

 

1.2. Análises químicas
Com vista a determinar a qualidade do pescado do ponto de vista químico, têm sido efectuadas análises para determinação de aditivos alimentares e determinação da frescura em produtos da pesca, nomeadamente:

  • Determinação de sulfitos,
  • Determinação de bases voláteis totais,
  • Determinação do pH,
  • Análise de resíduos de contaminantes ambientais em matrizes de alimentos de origem aquática e na água de consumo, nomeadamente, Mercúrio, Cádmio e Chumbo; 

 

1.3 Análises microbiológicas
Usando métodos internacionalmente reconhecidos e validados, os Laboratórios de Inspecção do Pescado têm efectuado análises microbiológicas com vista a avaliar o grau de higiene nas salas de processamento bem como a qualidade dos produtos da pesca do ponto de vista de contaminação microbiana.

As principais análises efectuadas são:

  • Coliformes totais,
  • Coliformes termotolerantes,
  • Staphilococcus aureus,
  • Escherichia Coli,
  • Salmonella spp,
  • Vibrio cholerae;
  • Vibrio parhaemolyticus.

 

1.4. Outras actividades

  • Apoio nos Programas Regulares da Inspecção do Pescado, da Autoridade Competente;
  • Apoio nas actividades de formação com instituições públicas de ensino médio e superior;
  • Orientação sobre amostragem, colecta e envio de amostras;
  • Informações sobre os limites máximos permitidos de contaminantes ambientais nos produtos alimentares de origem aquática.

Informação sobre as metodologias de análises serão fornecidas ao cliente quando solicitadas.

Os valores a pagar pelas análises laboratoriais estão estipuladas no Despacho de 2 de Junho de 2004 na tabela II.

FaLang translation system by Faboba

Pesquisa

Próximos eventos

No events